domingo, 25 de março de 2012

Pais organizam-se para dar explicações gratuitas a alunos em Torres Vedras

Uma iniciativa louvável. Reveladora de grande civismo e vontade de ajudar os diversos elementos da comunidade.

domingo, 15 de janeiro de 2012



Até que enfim uma boa notícia para massajar o ego dos portugueses.

Escolas vão poder ficar com as receitas que conseguem gerar


O ministro da Educação, Nuno Crato, e o presidente do Conselho de Escolas, Manuel Esperança, fizeram hoje um balanço positivo da reunião com 400 directores escolares da Região de Lisboa e Vale do Tejo para debater a revisão curricular. No encontro, foi anunciado que as receitas das escolas ficarão nos estabelecimentos de ensino. Público online

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Turmas de adultos com menos de 12 alunos têm de abandonar escolas públicas


A partir de agora, as turmas dos cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA) em funcionamento nas escolas públicas não poderão permanecer nestes estabelecimentos se o número dos seus alunos ficar reduzido a um número inferior a 12 Público online
Governo elimina vantagens de ensino recorrente para corrigir "injustiça" no acesso ao Superior (act.)

Os alunos do ensino recorrente vão ter de fazer os mesmo exames de acesso ao ensino superior do que os alunos da via normal do secundário, aprovou hoje o Conselho de Ministros. Objectivo é impedir "injustiça" que leva alunos a "obterem posição ilegitimamente mais vantajosa no acesso ao ensino superior". Jornal de Negócios

Esta medida é de elementar justiça. Muitos alunos entravam em Medicina devido às notas que conseguiam alcançar na classificação de frequência. As classificações internas eram habilmente inflacionadas para garantir a entrada nos cursos desejados. Em alguns casos a diferença entre a classificação de frequência e a classificação de exame chegava a ser obscena. Além disso, os alunos do ensino recorrente só tinham que realizar um exame. Pelo contrário, os alunos do ensino regular tinham que realizar quatro exames. Este sistema de acesso ao ensino superior era profundamente injusto e iníquo, por isso, esta decisão só peca por tardia.

F. Pinheiro

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

95% dos alunos da Universidade Técnica de Lisboa conseguiram emprego

A grande maioria dos diplomados da Universidade Técnica de Lisboa consegue emprego pouco depois de terminar o curso, sendo que quase metade começa a trabalhar ainda antes de acabar os estudos, revela um inquérito hoje divulgado. Público online

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Reformas na Suiça com máximo de 1700€



A Suiça é um país rico, mas lá não existem reformas milionárias como cá. Na Suiça, as reformas foram pensadas para garantir uma velhice com um mínimo de dignidade e não para favorecerem de forma descarada aqueles que maiores rendimentos auferiram enquanto permaneceram no mercado de trabalho.

Em Portugal, uma minoria apropriou-se da maior parte da riqueza criada. Só esta situação explica a distribuição desigual da riqueza. Por isso, podemos observar a coexistência de pensões milionárias e miseráveis. A segurança social não irá ter, no futuro, condições para pagar os encargos que tem vindo a assumir. O pagamento das pensões aos trabalhadores da PT e dos bancários são exemplos disso. Por isso, se não forem realizadas reformas profundas na segurança social, tudo indica que esta será a próxima bomba a estoirar.

F. Pinheiro
Começa hoje programa para incentivar consumo de fruta nas escolas

A Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil (APCOI) inicia hoje nas escolas um programa educativo para incentivar o consumo de fruta no lanche escolar nos jardins-de-infância e escolas do primeiro ciclo. Público online

sábado, 31 de dezembro de 2011

Feliz 2012

Os habitantes da Samoa aceitaram perder um dia para entrar rapidamente em 2012. Não haverá também uma qualquer forma de, nós os portugueses, não entrarmos em 2012, ou então, saltarmos logo para 2013. Já que isto parece não ser possível, um bom ano de 2012 para todos os cibernautas.

F. Pinheiro
Decisões do Governo sobre as Novas Oportunidades são de "enorme gravidade", acusa o PS


O deputado socialista Fernando Medina considerou hoje de "enorme gravidade" as recentes decisões do Governo relativamente ao programa 'Novas Oportunidades', realçando que a "qualificação" é o investimento mais importante para que Portugal volte a crescer economicamente. Público online

É verdade que a qualificação é o investimento mais importante que um estado pode fazer para crescer em termos económicos. Contudo, a formação que é dada pelos centros das Novas Oportunidades pouco ou nada contribui para o aumento da qualificação dos portugueses.

Os centros das Novas Oportunidades eram centros de distribuição de canudos sem qualquer valor. Por esta razão, o fim das Novas Oportunidades nos moldes em que funcionaram é uma medida positiva, pois, esta formação sempre consistiu na acumulação de dossiers com fotografias, com a história de vida do formando e pouco mais. Este tipo de formação deveria envergonhar os responsáveis por semelhante ideia.

F. Pinheiro

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Doutorandos aumentaram 134% nos últimos cinco anos

O número de doutorandos em Portugal aumentou 134,4% em Portugal nos últimos cinco anos. No último ano lectivo, estiveram inscritos no ensino superior 16.377 doutorandos e 105.409 mestrandos, segundo os indicadores sociais de 2010 revelados esta quinta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Público online
Vinte centros Novas Oportunidades vão fechar

O Ministério da Educação e Ciência afirmou hoje que são 20 os centros Novas Oportunidades que vão fechar, 14 por não terem cumprido “metas contratualizadas” e seis a pedido dos próprios promotores. Público online

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Novas Oportunidades. Financiamento intercalar dura até Agosto

Parece que a oferta relativa às novas oportunidades vai ser reavaliada. O ministério apenas está disposto a financiar os centros das novas oportunidades com melhor qualidade ao nível da formação. O princípio está certo, mas como é possível saber quais são os centros com melhor qualidade, se ainda não foi feita qualquer avaliação credível dos centros das novas oportunidades?

F. Pinheiro

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Four Seasons - Winter - Vivaldi



Chegou o inverno. Só falta mesmo a neve.
Queda das taxas de emprego penalizou mais os licenciados

Os jovens licenciados portugueses com menos de 25 anos são os mais atingidos pela quebra das taxas de emprego registada na última década, enquanto na média europeia os mais lesados neste grupo foram os que tinham qualificações mais baixas. Público online

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Carro de autarca custa 70 mil euros

Não haverá forma de fazer emigrar os autarcas que vivem para parasitar os contribuintes?
Queda das taxas de emprego penalizou mais os licenciados

Os jovens licenciados portugueses com menos de 25 anos são os mais atingidos pela quebra das taxas de emprego registada na última década, enquanto na média europeia os mais lesados neste grupo foram os que tinham qualificações mais baixas. Público online

domingo, 18 de dezembro de 2011

Alunos desmaiam com fome na Grécia
Passos Coelho sugere a emigração a professores desempregados
Governo quer punir pais por mau comportamento dos filhos na escola

Esperemos que esta ideia venha a estar presente no novo estatuto do aluno. É uma medida sensata. Irá obrigar os pais a empenharem-se mais na educação dos filhos. Se o não fizerem, serão responsabilizados pala sua negligência.

Julgo que esta medida, a concretizar-se, irá ter consequências muito positivas ao nível da disciplina nas escolas e, consequentemente, na aprendizagem dos alunos.

F. Pinheiro

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Nuno Crato enterra reforma dos governos de Guterres

O enterro das reformas de Guterres só peca por tardio.
Pedro Nuno Santos diz que optará sempre pelos portugueses em detrimento dos credores

É sempre reconfortante saber que, num momento de crise, há sempre um ilustre deputado disposto a defender os portugueses. Não sei é se haverá é muitos portugueses dispostos a serem defendidos por tão ilustre personagem.

No discurso que pronunciou referiu que temos que esgotar todos os nossos trunfos negociais. Entre os trunfos está ameaçar os alemães de que não pagamos os compromissos da dívida. Mas, é só uma ameaça. Como estratégia negocial deve ser difícil arranjar melhor. No seu currículo podemos destacar a passagem pela J.S. Aliás, as juventudes partidárias continuam a ser viveiros de jovens promessas na área política. Este jovem deputado tem visão e, certamente, terá um futuro promissor.

F. Pinheiro

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

PSD e CDS-PP requerem audição ministro da Educação sobre revisão curricular

O PSD e o CDS-PP apresentaram hoje um requerimento conjunto a requerer a audição parlamentar do ministro da Educação, para Nuno Crato apresentar a proposta de revisão curricular anunciada na segunda-feira. Público online

Ministério vai reforçar tempos lectivos de ciências, fisico-química, história e geografia Público online


No link acima apresentado existe um bom resumo da proposta de revisão curricular que irá estar em debate até ao dia 31 de Janeiro próximo.


terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Notas breves sobre a revisão curricular

Professores de Geografia dão positiva à proposta de revisão curricular

A revisão curricular proposta pelo ministério da educação e que irá ser objeto de discussão pública tem o mérito de acabar com as áreas disciplinares não curriculares. Estas áreas eram um tributo indisfarçado ao eduquês. Passo a passo, julgo que o ministro está a tentar extirpar das escolas a ideologia e as práticas que sempre sustentaram o eduquês. Aliás, o artigo publicado, hoje, no jornal Público, pela Ana Benavente não esconde a frustração de ver as suas ideias rejeitadas e abandonadas.

Ana Benavente deve ter sido das pessoas que mais mal fez à educação nos últimos anos. As ideias que defendeu e implementou nas escolas, quando foi secretária de estado da educação, sempre foram no sentido de promover o facilitismo, na medida em que sempre desvalorizou o papel dos exames no processo de ensino aprendizagem. Por outro lado, na área da disciplina o legado de Ana Benavente ainda foi mais desastroso. Os processos disciplinares tornaram-se excessivamente morosos e burocráticos. Tentou transpôr para as escolas uma espécie de arremedo dos processos judiciais. A figura da punição praticamente desapareceu das escolas. Desta forma, contribuiu para o enraizamento da indisciplina nas escolas.

Em termos gerais a carga horária total nos diferentes anos é reduzida. Não sei se por convição, ou então, para responder aos cortes previstos para a área da educação. As disciplinas que irão sair beneficiadas serão a Geografia, História e as Ciências Físico-Químicas.

F. Pinheiro
BE quer alargamento do prazo da discussão da revisão curricular para pensar reforma a “dez anos”

O BE anunciou hoje que vai propor o alargamento do prazo de discussão da revisão curricular, que deverá reflectir sobre uma reforma a dez anos e não um "remendo" para cumprir os critérios da ‘troika'. Público online

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Carga horária de História e Geografia vai aumentar nos 7.º e 9.º anos

A proposta de Revisão da Estrutura Curricular, que será divulgada pelo Ministério da Educação nesta segunda-feira, pevê o aumento da carga horária de História e Geografia nos 7.º e 9.º anos do 3.º ciclo do ensino básico. Público online